+ Notícias

  • Crédito: Divulgação/CBB

    Seleção feminina conquistou resultados expressivos em 2019, e quer manter o embalo no Pré-Olímpico.

Brasil encara EUA pela estreia do Pré-Olímpico

Partida pela competição continental acontece nesta quinta-feira em Bahía Blanca, na Argentina
Por: Redação, com assessoria/CBB - 14/11/2019 12:04:41

A Seleção feminina de basquete inicia sua trajetória no Pré-Olímpico das Américas nesta quinta-feira (14). O adversário pela estreia da competição continental, que vale vaga ao Pré-Olímpico Mundial e, consequentemente, a manutenção do sonho de garantir vaga às Olimpíadas de Tóquio 2020, será o fortíssimo time dos Estados Unidos. A partida acontece às 18h30 em Bahía Blanca, na Argentina.

Embora encare as atuais campeãs olímpicas e mundiais, que estarão praticamente com força máxima, recheada de estrelas da WNBA, o Brasil tem um alento para o compromisso de logo mais: o time norte-americano já está classificado para o torneio olímpico do ano que vem, e usará a competição como treinamento.

 

"Sabemos da dificuldade, do poder dos Estados Unidos, mas é a tabela que eu queria. É melhor estrear diante dos Estados Unidos, tirar esse peso logo, e depois temos dois jogos para decidir a nossa vida, diante de Colômbia e Argentina. A Colômbia fez um jogo complicado com a gente na AmeriCup, e a Argentina se potencializa por jogar em casa, com toda a pressão. Não teremos facilidade", projeta o técnico José Neto.

Depois de vencer o Pan-Americano de Lima e conquistar a medalha de ouro que não vinha desde Havana 1991, e conquistar o bronze na AmeriCup, em Porto Rico, a Seleção feminina busca manter o grande desempenho dentro da atual temporada.

"Nossa seleção vem evoluindo. E eu acredito demais no trabalho que o Neto vem desenvolvendo. Estamos motivadas e animadas para o Pré-Olímpico. É uma chave difícil, mas acredito muito no nosso grupo", disse a ala-pivô Damiris.

 

O caminho do Brasil

Após a dura estreia contra os Estados Unidos, o Brasil ainda enfrentará as seleções da Colômbia e Argentina. Na prática, para assegurar vaga no Pré-Olímpico Mundial, as comandadas do técnico José Neto precisam vencer esses confrontos, já que o Pré-Olímpico das Américas distribuirá uma única vaga à etapa mundial.

O Pré-Olímpico Mundial acontece entre os dias 2 e 10 de fevereiro e contará com 16 seleções distribuídas em quatro torneios. Como Estados Unidos e Japão (país-sede) também jogam o Pré-Olímpico Mundial, serão 14 seleções brigando por dez vagas aos Jogos de Tóquio.

 

 

14 de novembro - Brasil x EUA

16 de novembro - Brasil x Colômbia

17 de novembro- Brasil x Argentina

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade