NBB

  • Crédito: Gilvan de Souza/NBB

    Botafogo procura repetir atuação da última partida para conseguir primeira vitória de um visitante.

É hoje!

Botafogo espera quebrar "sequência dos mandantes" contra o Pinheiros para avançar para as semifinais
Por: Redação e assessorias/NBB - 30/04/2019 10:38:46

Chegou um dos momentos mais aguardados dos playoffs: um Jogo 5. O clima de decisão se torna ainda maior, com os dois times se conhecendo bem e precisando da vitória para seguir na disputa pelo título. Tudo isso com muita emoção e equilíbrio dentro de quadra.

Empatados em 2 a 2, EC Pinheiros e Botafogo decidirão o último classificado para as semifinais nesta terça-feira (30/04), no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo (SP), às 20 horas, com transmissão ao vivo no Facebook do NBB.

No último sábado, o Botafogo lidou bem com a pressão de estar contra a parede (2 a 1 para o Pinheiros) e se manteve vivo no NBB CAIXA, com uma grande vitória por 88 a 73. Com o resultado positivo, o Glorioso ganhou confiança para o tão decisivo Jogo 5.

“A gente estava precisando de um jogo para ganhar moral. Nossa torcida foi fantástica, nos empurrou do início ao fim, sem nos colocar para baixo, e acho que isso elevou nossa confiança. Agora vamos para o Jogo 5, tudo está em aberto. Vamos com todo empenho possível para tentar fazer pelo menos 80% do plano de jogo que o Léo (treinador) definir, porque quando a gente executa bem, conseguimos vencer”, avaliou Henrique Coelho, armador do Botafogo.

Coelho, por sua vez, certamente terá o Jogo 4 contra o Pinheiros marcado em sua memória. Recuperado de uma grave lesão nesta temporada, o armador anotou 29 pontos (6/10 nos 3 pontos) e quebrou seu recorde de pontuação em uma partida do NBB CAIXA.

A expectativa do jogador para o duelo decisivo é das melhores possíveis. Embalado depois de uma atuação de gala no último sábado, jogador confia em mais uma grande exibição, seja dele ou de algum outro companheiro de time.

“Temos totais condições de repetir a boa atuação em São Paulo. A partir do momento em que você faz uma vez, você se torna capaz de repetir por mais vezes. Meu objetivo é ter uma atuação tão boa ou até melhor. Se no Jogo 5 não for meu dia, tenho certeza que outro companheiro vai conseguir e vamos em busca da vaga nas semifinais”, disse Coelho.

O mando de quadra tem sido um fator determinante nesta série de quartas de final. Das quatro partidas disputadas até agora, todas terminaram com o time da casa como vencedor.

Para o treinador Léo Figueiró, as duas equipes times souberam aproveitar bem os jogos como mandante e tirar uma certa vantagem. Agora, com o Pinheiros decidindo em casa, os detalhes serão fundamentais para conseguir uma classificação para as semifinais.

“Quando se chega num playoff desses é jogo por jogo, com ajustes finos. Eles limitaram a gente em São Paulo, mas conseguimos limitá-los no Rio de Janeiro também. É muito justo essa série tão equilibrada ser definida no Jogo 5, as duas equipes trabalham muito firme. Eles fizeram por merecer decidir o último jogo em casa, então vamos para lá em busca de quebrar o mando deles e classificar para a fase semifinal, que seria brilhante para nossa equipe”, disse o comandante do Glorioso.

Em uma série melhor de cinco jogos, os pequenos ajustes fazem uma grande diferença no final, segundo o treinador. A equipe que se mantiver mais consistente e mais equilibrada emocionalmente durante a partida terá chances maiores de conseguir a classificação.

“Os ajustes fazem muita diferença numa série longa. A gente pecou em algumas coisas lá, deixamos o jogo sair da mão. Até tivemos algumas chances nas duas partidas fora, mas sem sucesso. São detalhes, as duas equipes se conhecem muito, já se enfrentaram bastante. Quem for mais consistente e tiver equilíbrio emocional, que será um fator fundamental para esse quinto jogo, acho que leva a partida e avança para a semifinal”, afirmou Léo Figueiró.
Com muitos elementos na disputa, a partida vale mais do que a classificação para a próxima fase dos playoffs. Por isso, o equilíbrio será ainda mais evidente.

“Eu falo direto para os jogadores que ficar entre os quatro primeiros não vale só uma vaga para as semifinais, dependendo da situação de Flamengo e Franca vale até uma vaga na Liga das Américas. Todo mundo quer jogar uma competição dessa. Ninguém vai entregar, então vai ser disputado e muito pegado, essa intensidade faz parte do jogo, mas sempre com muito respeito”, finalizou o comandante.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade